Sex Shop Lolla

Você já deve ter ouvido falar da massagem tântrica, mas deve estar curiosa sobre como ela pode te ajudar entre quatro paredes. Então, vale conhecer a fundo esse assunto para deixar as noites mais apimentadas.

O tantra é uma filosofia que integra práticas como a massagem tântrica - utilizada para direcionar a energia sexual e elevar os praticantes a outro estado de consciência.

Casal Energia

Diferente da massagem "happy end", que visa especificamente o clímax, o tantra trabalha o corpo todo de forma integrada. Terapeutas ou amantes estudiosos dessa arte usam toques para despertar um campo de energia dormente que pode servir a diversas finalidades.

Quando despertado, acredita-se que esse campo tenha a capacidade de unir os parceiros em uma experiência de êxtase. Nada mal, não?

Além disso, a massagem tântrica pode trazer mais intensidade ao relacionamento e proporcionar uma experiência única de conexão mais profunda. Em um estágio avançado, essa prática proporciona relaxamento e prazer intensos.

Quem nunca realizou a massagem tântrica pode se perguntar como seria a experiência em si. Muitos gostam do clima de suspense e de mistério, mas é interessante saber o que esperar antes do momento - assim, você estará mais confiante e à vontade para ter prazer no processo.

Origem da massagem tântrica e curiosidades

O termo "tantra" tem suas raízes no sânscrito "tan", que significa expansão, manifestação.

A massagem tântrica libera a energia bloqueada em todo o corpo e desperta o Kundalini - uma fonte energética que está na base da coluna. Quando o Kundalini acorda de seu estado de repouso, se espalha ao longo da espinha e cura o restante do corpo.

Nunca há duas massagens tântricas iguais. O objetivo do terapeuta do tantra, ou dos amantes que a praticam, é despertar os sete chakras. Estes são centros de energia localizados ao longo da coluna e, ao serem ativados, possibilitam a fluidez energética pelo corpo no sentido de despertar a Kundalini.

Em relação aos métodos, o terapeuta pode começar a sessão com toques de relaxamento e avançar para técnicas de estimulação de energia. Em seguida, passa às técnicas personalizadas de excitação do Kundalini.

Massagem Tântrica

A excitação sexual está fortemente relacionada à massagem tântrica. Dar e receber estímulos são ações um tanto íntimas e, muitas vezes, realizadas apenas entre amantes, pois muitos não se sentem à vontade com outras pessoas.

Assim como outras formas de massagem, a tântrica pode ser muito relaxante. E ao estimular a espiritualidade sensual por meio do toque, cada indivíduo desperta partes de si as quais permaneceram reprimidas ou adormecidas por muito tempo.

Desta forma, uma consciência maior é desenvolvida por meio de técnicas de respiração durante a massagem. Essas técnicas, chamadas "pranayamas," permitem que o receptor trabalhe a energia de forma ativa, transferindo-a de uma parte do corpo a outra - uma possibilidade que melhora a experiência e o controle da excitação.

O tantra e o sexo

É possível trabalhar os principais pontos da massagem tântrica em sua relação sexual. Nesse sentido, recomenda-se criar um ambiente acolhedor e sensual, contando com o auxílio de óleos e cremes apropriados para a ocasião.

Visão, tato, olfato e paladar devem ser estimulados em conjunto. Massagear pescoço, costas e a parte interior das coxas com técnicas do tantra pode gerar muito prazer no parceiro. O corpo está repleto de zonas erógenas que devem ser estimuladas.

Os toques certos ao longo da pele fazem com que a circulação sanguínea seja potencializada, gerando mais sensibilidade e excitação.

Casal conectado

Para homens com problemas de ejaculação precoce e disfunção erétil, ou mulheres com dificuldade de atingir ao orgasmo, a massagem tântrica proporciona uma oportunidade para ter mais consciência sobre o próprio corpo. Além disso, a prática gera mais intimidade entre o casal.

Confira algumas técnicas que você pode usar na sua relação.

Leveza no toque

Passe os dedos levemente por todo o corpo do parceiro. Primeiro, deitado de bruços e depois de costas. O toque leve tem efeito de excitação e faz com que ele se concentre na sensibilidade da pele. Lembre-se, nesse momento, ainda não toque o órgão sexual, apenas o entorno. Assim, o prazer pode ser estimulado e também se prolonga.

Posição certa

Na sequência, sente-se de frente para o parceiro de forma que as pernas dele fiquem sobre as suas. Com o auxílio de um óleo, massageie-as e passe, depois, as mãos pelo abdômen, parte interna das coxas, virilha e pênis. A excitação ficará mais evidente nessa parte.

Movimentos prazerosos

Agora, o toque tem como foco o órgão sexual masculino. Alterne movimentos, suavidade e intensidade no contato. Perceba as formas com as quais o seu parceiro sente mais prazer e conecte-se a ele tanto visual como fisicamente.


Artigos Relacionados

Produtos Relacionados



<<- Veja mais artigos em: Blog Lolla


 
Tecnologia
iSET - Plataforma de E-commerce para criar loja virtual
Plataforma de E-commerce para criar loja virtual